27/06/11

Terão sido os judeus os inventores da extrema-esquerda? [a pergunta é retórica]

"Deux juifs russes se retrouvent sur le quai de la gare.
Où vas-tu? dit l'un.
Je vais à Nijni-Novgorod.
L'autre marque un long temps de silence, puis, furieux:
Comment?! Si tu me dit que tu vas à Nijni-Novgorod, c'est que tu veux que je croie que tu vas à Odessa; et si tu veux que je croie que tu vas à Odessa, c'est que tu vas vraiment à Nijni-Novgorod. Alors, pourquoi mens-tu?"

Lido em L'Humour Juif, Adam, ilustrações de Thomas Gleb, 1966, Editions Denoël, Paris, comprado na minha livraria preferida: a Galileu de Cascais.

6 comentários:

O Senhor dos Queijos disse...

tinha de ser uma tia de Cascais

a galileu a 3ª livraria que menos paga pelos livros que compra

se pagavam 12 contos em 72 de renda até se percebe

4 vezes o salário de um funcionário médio ....

embora durante 39 anos a 12 contos e a uns 120 euros com actualizações deve ter dado lucro

e descontos nos livros comprados
jámé

é temos livrarias favoritas deferentes

e cada biblioteca que ali caia a preço de papel velho

bons tempos

Ana Cristina Leonardo disse...

tinha de ser uma tia de Cascais

e o senhor é tio de quem?

O Senhor dos Queijos disse...

tio da irrealidade e dos queijos

e não sou senhor

chame-me só Al Varo

O sonho fez-se carne no dia 22 de Dezembro de 1972, data do nascimento

isto tá cheio de preciosismos

quando o gajo galileu galilei

paga mal pelos livros

há sempre uns gadjos que há 2ª arrancam páginas

se nunca apanhou um desses paciência

por falar nisso um barrister inglês casado com uma portuga

veio reformar-se para cá e trouxe um contentor de livros

remoia-se dos ladrões dos alfarrabistas portugueses

que queriam ficar-lhe com os livros de graça

e os vendiam ali tão caros....

e ser tia não é pejorativo

é sinal que deixa genes por aí imbuidos

como as abelhas que ou são tias ou são irmãs das suas futuras rainhas

quando não gosto de uma referência bibliográfica

faço um comentário

que quer são manias

e no dia de Natal de 1972
o Elefante Branco de Mark Twain

custava 20$00 no Galileu

custava só 15$00 no Castro e Silva

e 5$00 no Trindade que punha a livralhada de menor custo no lixo

como ainda hoje o fazem em menor ou maior grau tantos outros

Ana Cristina Leonardo disse...

Grata pela resposta. Eu volto sempre à Galileu. Hábitos de família

O Gajo Tá Vivo Mas Nã Se Meche disse...

sim era como o Eduardo Prado Coelho

atirava livros que lhe davam para o lixo e oferecia-os ao carteiro

mas ia a uma livraria alfarrábio onde o roubavam descaradamente
comprar livros que por vezes até tinha em casa

porque é que compra com tantos livros que já não vai ler...

manias respondeu o gajo

as manias não são racionais

e isso não era conselho

deixei de dar conselhos nos idos de 90

como me fizeram notar se fossem bons não eram dados eram vendidos

é apenas uma constatação

de um facto

e sempre não vai voltar

ou a galileu acaba

ou....provavelmente ou...

O Gajo Tá Vivo Mas Nã Se Meche disse...

os bichinhos que vivem dos livros são resistentes

desde a prole dos condes de Bobones

a Castro's e Silva's variados

ou Galileu's